sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Libertem o topless!

                           
                                                           
Neste sábado haverá uma bela e útil manifestação das mulheres em Ipanema para que o topless seja liberado. Pois é, apesar da corrupção, do tráfico de drogas/orgãos (na verdade são a mesma coisa) da lambança que tenta imperar no país, o topless é proibido nas praias.

Como bem diz a campanha das mulheres, mostrar o peito para amamentar pode, mas na praia é proibido. Por que? É porque os seios são belos, sejam os pequenos, médios e grandes? Por que é considerado atendado ao puder expô-los, mas roubar merendas escolares e remédios públicos são atitudes “bem tolerados” pela tribo do “isso é assim mesmo, não tem jeito”. Ora!

As praias de nudismo, brasileiras internacionais, já mostram há décadas que não há mal nenhum em expôr o corpo. Os seios então, obras maravilhosas da Natureza, são um bálsamo visual para quem os contempla. Mas a polícia acha que é crime, como arrastões, bebida alcoólica para menores em lojas de conveniência de postos de gasolina, xixi na rua.

Não dá para entender. Que falso moralismo é esse que persegue seios e corpos, cuja beleza é uma opinião individual (em geral de que os contempla) de quem os sorve com o olhar? Quem somos nós para pregarmos o moralismo? Quem somos nós? Libertem o topless! Já!!! O bom senso agradece.