quarta-feira, 22 de abril de 2015

Preciso da opinião de vocês. A mídia deve parar de divulgar as ações do Estado Islâmico?

    Profisssionais: preocupação estética
    Picapes iguais: preocupação cênica
Anteontem o colega André Luiz Azevedo, da Rede Globo, comentava no Jornal Nacional que está havendo uma discussão entre jornalistas na Europa sobre não divulgar mais as ações do Estado Islâmico e de outros grupos terroristas. Como esses bandos adoram a divulgação, o estrelato mórbido, seria uma maneira de enfraquece-los. Por outro lado, há quem veja nisso censura e que as notícias devem ser publicadas livremente para que a humanidade tome conhecimento.

Sou totalmente a favor do veto ao noticiário sobre esses facínoras baseado em um exemplo muito simples: há anos, a Europa decidiu não veicular mais imagens de brigas de torcidas de futebol, torcedores invadindo gramados, enfim aquela baderna. Não há imagens e nem citações dos narradores. Perceberam? O que aconteceu? As brigas de torcidas caíram a quase zero (mesmo porque quem briga é banido dos estádios) e ninguém sente falta daquelas cenas primitivas.

O Estado Islâmico é assustadoramente bem organizado. Usam as melhores armas, as ações são extremamente bem planejadas, ninguém consegue localizar seus líderes apesar da farta tecnologia e existe toda uma preocupação estética e cênica. As vítimas usam macacões da cor laranja, os carrascos vestem preto, as jaulas dos sequestrados são negras e estão sempre lado a lado, simetricamente colocadas.

Até os carros usados são iguais, todas picapes brancas. Para piorar, quem grava as cenas são profissionais de TV porque a luz é ótima, o enquadramento perfeito, telemetria ótima e até o roteiro é bem elaborado.

Se a mídia parar totalmente de divulgar as ações do E.I. e de outros grupos, eles vão ter 70% de seus objetivos frustrados já que o mais importante para eles é passar suas “ideias revolucionárias” para o resto da humanidade. Mais: muitos adolescentes que se sente atraídos e acabam se “alistando” sem ter acesso as notícias não serão mordidos pela sedução fatal desses grupos.


E vocês, o que acham?