sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Estafa

Está lá no dicionário de significados: Estafa - é o estado onde uma pessoa encontra-se submetida a uma forte pressão externa ou interna, levando à estafa física ou emocional.

Apesar dos sintomas claros como irritação, sono conturbado, impaciência, a estafa é dissimulada e se confunde com o estresse que fica vários pontos abaixo numa hipotética escala de valores emocionais, digamos assim.

O maior problema da estafa é que nos deixa extremamente sozinhos. Como temos consciência de que “algo não vai bem”, ou que uma conjuntura de tensos fatores decidiu marcar um bate papo a mesma hora, há uma tendência de ficarmos na moita. “Não vou lá porque ando meio estourado e vai que Fulano toca num assunto complicado”, e assim o estafado vai se isolando e acaba engolido pelos pensamentos. 
E os pensamentos do estafado são sempre caóticos.

O estresse se dá em picos ocasionais. A estafa é constante, crônica. Pega e não larga. Quer dizer, larga sim. A certeza ou a consciência da estafa já são um passo importante, agitar o corpo com ginástica e similares começa a resolver e não esperar demais ser compreendido é a sentença final. Da estafa. Ninguém é obrigado a compreender, aturar, engolir um estafado. Só ele.

Pelo menos isso.