terça-feira, 31 de maio de 2016

Smartphone virou o radinho de pilha do século 21


Desde sempre o rádio de pilha foi o meio de comunicação mais popular no mundo. Ouvi-lo não significava ter que deixar de fazer nada, bastava ligar. Podia-se continuar trabalhando, dirigindo, estudando, namorando, ao contrário das outras mídias que exigem que se abra mão do que estamos fazendo.

Falo no passado porque o radinho de pilha sumiu e em seu lugar entraram os smartphones. Estão em todos os lugares: ônibus, trens, carros, barcas, metrôs, nas calçadas, parques, praias. Em alguns países como a Noruega o rádio em FM foi extinto. As pessoas ouvem direto em seus smartphones ou nos computadores, tablets, enfim, os chamados dispositivos.

Em se tratando de tecnologia, tudo mudou, mas o conteúdo do rádio continua dando prioridade a fala. O sucesso das emissoras que falam e tocam música sobre as que apenas tocam música é gritante em todo o paneta. O rádio sempre foi (e ainda é) visto como um veículo companheiro, que informa, opina, faz rir, chorar. Por isso, quem investe na linguagem se dá bem e quem acha que é só sair tocando música como s rádio fosse um player qualquer, bate com a cara no muro.

Pensando nisso, André Luiz Costa e Luck Veloso, diretores da Rádio Cult FM, investem forte em programas mais falados na rádio. Programas como o Radiocaos que vai ao ar aos domingos, 17 horas, podem, sim, se tornar um fenômeno já que trabalha com uma revolucionária forma de linguagem. 

No caso de meu programa EXPRESSO DA MADRUGADA, fiz a versão REDUX (amanhã estréia em novo horário, as 22h 04m, também na Rádio Cult FM), abro asas para a imaginação. Dos ouvintes e da nossa. Nossa, leia-se, a minha, das colunistas Juliana Demier e Edilene Baldam e dos artistas que passam pelo programa.

A presença da fala no EXPRESSO DA MADRUGADA REDUX, intensa, densa, tem despertado muita curiosidade e cumprido a missão básica do rádio, que é falar, Por isso pergunto sempre a opinião dos ouvintes, saber deles o que estão achando do que é tratado ali.

Amanhã, quarta-feira espero vocês. Temos muito a dizer. Espero que vocês estejam, em massa, do outro lado.

Para ouvir agora no desktop ou notebook, clique aqui:

www.radiocultfm.com

Para ouvir no smartphone ou tablet, clique aqui:

http://www.radios.com.br/aovivo/Radio-Cult-FM/21510

Ou aqui:

http://tunein.com/radio/R%C3%A1dio-Cult-FM-s165898/