sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Livros da semana - Impressionante liquidação de livros com até 90% de desconto!

Vale a pena pesquisar, especialmente na Amazon e Livraria da Folha. Liquidação de livros com até 90% de desconto.

Verifique também se as edições em papel tem versão digital, compatível com Kindle (ou similares), smartphone ou tablet. Pode custar a metade do preço. 


Livrarias pesquisadas:

Amazon – www.amazon.com.br
Travessa – www.travessa.com.br
Estante Virtual - www.estantevirtual.com.br
Saraiva - www.saraiva.com.br
Folha - http://livraria.folha.com.br/         

A Vida como ela é – caixa de Nelson Rodrigues


A vida como ela é...” dispensa apresentações! Histórias de ciúme, obsessão, dilemas morais, inveja, desejos desgovernados, adultério e morte fisgaram logo de imediato os leitores da coluna de jornal que consagrou o nosso maior dramaturgo. 
Os contos, depois de publicados em jornais, foram lançados em livros e até hoje representam uma marca do autor, chegaram também a sofrer adaptações para o rádio e para a TV — sempre como sinônimo de grande sucesso de público. 
O boxe é composto pelos 3 livros de contos da principal série de Nelson Rodrigues: "A vida como ela é...", "A vida como ela é... em 100 inéditos" e "A vida como ela é... em série".

Machado de Assis – 40 Contos escolhidos

400 páginas

Esta biblioteca machadiana de bolso reúne 40 contos de Machado de Assis, renomado escritor brasileiro do século XIX. A seleção foi feita valorizando contos com apelo tanto para jovens como para leitores experientes. 
Os textos consagrados não poderiam faltar, mas estão presentes também diversas narrativas menos conhecidas, em que a ironia machadiana mergulha nas sutilezas da natureza humana.

A Sabedoria dos Beatles nos Negócios

Richard Courtney, George Cassidy

256 páginas


Este livro é construído de forma muito dinâmica, capítulos curtos, boas idéias, prático e até mesmo divertido. Não se trata apenas de um ótimo complemento para qualquer estante dos fãs dos Beatles é também uma excelente leitura para qualquer empresário que busca realizar bons negócios.
Os capítulos contém lições muito importantes sobre gestão dos negócios e da história dos Beatles. Trata-se de uma série de vinhetas curtas, onde um ponto da história dos Beatles é mencionado seguido por uma descrição das conseqüências de negócios e que os outros podem aprender com ele. As histórias abrangem o sucesso da banda, bem como a separação e suas causas. Cada um dos itens são de extrema relevância para diferentes tipos de negócios.
Como um livro sobre os Beatles, ele fornece as pepitas da verdade da carreira dos Beatles do começo ao fim, de como eles "se uniram" para se tornar um sucesso.

                                                       

O Burguês


Entre a História e a Literatura



300 páginas

A ascensão e queda da figura do burguês na literatura é o tema do livro do crítico italiano Franco Moretti, professor de literatura da Universidade Stanford (EUA). Em seis capítulos concisos, enérgicos e ilumi-nadores, ele recorre à obra de alguns dos principais autores do século XIX e início do XX, a fim de demonstrar como a busca de hegemonia por parte da cultura burguesa está entrelaçada à racionalização da prosa e à invenção do romance.
Por meio das obras de, entre outros, Daniel Defoe, Jane Austen, Gustave Flaubert, Machado de Assis, Joseph Conrad e Henrik Ibsen, o crítico mostra como o declínio do burguês ocorre a despeito da consolidação do capitalismo. "As mercadorias se tornaram o novo princípio de legitimação; o consenso passou a ser erigido sobre coisas, não sobre homens - menos ainda sobre princípios", escreve Moretti.

Barulhos


108 páginas

Barulhos reúne a produção poética de Ferreira Gullar entre 1980 e 1987. Neste livro, o poeta conta o caminho percorrido naqueles anos, os amigos perdidos, a diária redescoberta do corpo. É uma obra que marca, em definitivo, a passagem do escritor pelo pórtico da maturidade e a cristalização de seu estilo poético, de sua forma. 
Considerado o maior poeta brasileiro da atualidade, Ferreira Gullar recebeu inúmeros prêmios: o Machado de Assis/Academia Brasileira de Letras (2005) e o Camões (2010), a mais alta distinção em língua portuguesa. Em 2011, com Em alguma parte alguma, Gullar recebeu o Prêmio Jabuti de Melhor de Livro de Poesia e o de Livro do Ano.
Com o lançamento de Barulhos e Na vertigem do dia, a José Olympio completa o novo projeto gráfico da obra poética de Ferreira Gullar