terça-feira, 22 de novembro de 2016

Lançamento do livro de Mauricio Valladares reúne centenas de pessoas na Livraria Argumento

Meus grandes amigos Siri e Mauricio Valladares na hora H do autógrafo

O Rio viveu na noite desta segunda-feira um momento extremamente emocionante. Centenas de pessoas foram a Livraria Argumento, no Leblon, onde Mauricio Valladares autografou ao longo de mais de quatro horas seu livro de fotografias “Preto e Branco”, lançado pela Editora Automática.

Foi demais. Adriana, Siri e eu chegamos por volta das 7 e meia da noite e a fila para os autógrafos estava monstruosa. Muita gente querida. Meu irmão Fernando César, minha super cunhada Milena Beranger, lendários e queridos amigos como Álvaro Luiz Fernandes e Liliane Yusim, mais Milton Montenegro, Tony Platão, João Barone, Bi Ribeiro, Luiz Oscar Niemeyer, José Emilio Rondeau, Ricardo Leite, colegas, conhecidos, desconhecidos, muitos ouvintes do programa Ronca Ronca do Maurício (hoje, terça, as 22 horas em www.roncaronca.com.br), enfim, foi uma noite mágica, banhada por uma trilha sonora fantástica que o próprio anfitrião preparou.

Com o maior prazer fiquei quase três horas na fila, falando com um, com outro, um clima de camaradagem que podemos chamar de genuinamente carioca”, raridade nos dias de hoje. O livro é um painel em preto e branco de um Brasil que reside em algumas ilhas do inconsciente coletivo. Uma obra de mestre, nascida nos olhos de um brasileiro apaixonado, sensível as nuances, aromas, tecidos, tramas, suores de um povo que não desiste. Soma-se a isso flagrantes de gente da música (não só brasileiros), em momentos que só o olho de um Mauricio Valladares, fixo na objetiva sincera e analógica, em preto e branco, de uma câmera consegue arrancar.

Boa notícia! O livro já está disponível não só na Argumento como no site da Livraria da Travessa (R$ 56,40 - é só clicar aqui: http://www.travessa.com.br/preto-e-branco/artigo/ce3bb4ef-1215-4e57-a18c-9890f39a2522) e Cultura (R$ 60,00 - clique aqui: http://www.livrariacultura.com.br/p/mauricio-valladares-preto-e-branco-46400845http://www.livrariacultura.com.br/p/mauricio-valladares-preto-e-branco-46400845 ).
O livro chega em qualquer lugar do planeta.


São 208 páginas, 142 fotografias, formato 29 X 24, capa dura. Preço: R$ 60,00. O coordenador da obra, Raul Mourão, explica:

Preto e Branco é um mergulho no acervo de imagens do fotógrafo, radialista, DJ e jornalista Mauricio Valladares (carioca, safra 1953). Um mergulho na parte funda. Lá ficamos por semanas em torno de uma mesa sem ar. Ao lado de discos, copos e garrafas, reviramos caixas de negativos e positivos. De volta à superfície para respirar com o sorriso de Rita Lee e o olho esquerdo de Gilberto Gil.

Bob Marley e a camisa de Pelé. Mais um mergulho e encontramos o Arco do Triunfo interrompido por um poste. Um arco sem seu vazio, vão. As mãos de Caetano Veloso e do Tremendão. Pessoas encarapitadas na marquise e na banca de jornal. A morte de John Lennon no papel. A morte capa de jornal do jornaleiro sem cabeça. Um elefante encara seu treinador olho no olho. Um antigo e saudoso píer rasga o mar da Praia de Ipanema. A alma anárquica e coletiva do carnaval de rua do Cacique de Ramos. Os colegas fotógrafos no ambiente da casa ou do trabalho.

Torcedores do futebol de um antigo estádio chamado Maracanã. Um pau, os peitos, a bunda. Um almanaque de imagens sonoras de Led Zeppelin misturado com Gismonti, The Who com Hermeto, Skank com Peter Tosh, Jesus and Mary Chain com Daminhão Experiença, Paralamas com Nick Cave. Familiares, amigos e anônimos. Tudo está aqui.

Ao longo das últimas cinco décadas, Mauricio Valladares apontou sua lente para todos os lados de dia e de noite. Preto e Branco reúne 142 fotos analógicas realizadas entre 1972 e 2003, textos de Luiz Camillo Osório e Frederico Coelho e projeto gráfico de Christiano Calvet.

Um grupo de imagens sobre gente com uma paisagem aqui e uma arquitetura acolá. Registro de ilustres nomes da música brasileira e internacional e flagrantes do homem comum nas ruas do Rio, de Paris, Roma e Londres. Um mundo perdido que renasce para nós pelos olhos de Mauricio.

Raul Mourão


Preto e Branco” reúne talento, arte, Brasil, mundo, gente, vida. Um livro mais do que fundamental.